Blog

Home » Sem categoria » Oito previsões futuristas que irão mudar o Turismo

Oito previsões futuristas que irão mudar o Turismo

| By

o fim do ano próximo, o clima de retrospectiva paira no ar, certo? Sim e não. Para 2017, a indústria de viagens deve surpreender e deixar boquiabertos os mais incrédulos com novidades tecnológicas que abraçam as necessidades do consumidor em nível global.

Com isso em mente, a Booking traçou, com base em dados, opiniões e preferências de 12,7 mil consumidores de 13 mercados, tal qual analisou líderes em inovação na tecnologia de viagens e e-commerce, oito previsões para o próximo ano. Você está preparado para o futuro? Leia abaixo.

 

1- GRATIFICAÇÃO INSTANTÂNEA 2.0
A tecnologia abastece o viajante mais exigente e impaciente. Quarenta e quatro porcento desse público já espera planejar seu feriado em poucos toques no seu smartphone e 52% tem expectativas de aumentar o uso de aplicativos de viagens. Com isso, a tecnologia deve erradicar todo e qualquer percalço, entregar respostas às necessidades específicas e aprimorar a experiência com recomendações e atalhos que o consumidor não pensa.

Em 2017, essa expectativa será abordada de uma forma sem precedentes, como encontrar o caixa eletrônico mais perto, wi-fi gratuito, sair de uma fila enorme em atração e receber, enquanto está ocupado, dicas de como superar o jet lag. Tal funcionalidade estará disponível por meio da tecnologia na palma da mão.
Com todos esses desenvolvimentos em aprendizagem automática e inteligência artificial, os apps favoritos irão além da mera funcionalidade e evoluirão a reais companheiros – ou amigos – capazes de prever nossas vontades únicas e atendê-las antes mesmo de o usuário perguntar.

O uso da tecnologia de mensagens rápidas e instantâneas que molda nossas preferências para resolver cada questão e desejo em tempo real, independentemente de onde escolher ficar, será algo secundário.

2- IR AO NEGÓCIO
O boom do bleisure, expressão que mescla o business e leisure, está bem encaminhada. No ano que vem, não se tratará apenas de uma questão de lazer e negócios, como também estará atrelada ao valor das oportunidades de viagens no ambiente de trabalho.

Dos 40% dos viajantes globais que se aventuraram em negócios neste ano, 46% provavelmente irão viajar ainda mais nesse segmento. Mais do que suítes executivas e apresentações em Power Point, 49% irão prolongar suas viagens de negócios para aproveitar o destino, enquanto 75% pretenderão fazer o mesmo nos meses que virão.

 

3- APETITE DE DESCOBRIR
O mundo descoberto tem muitos lugares não descobertos e em 2017 os viajantes vão soltar seu lado explorador como nunca antes. Um total de 45% planeja ser mais aventureiro ao escolher seu destino, enquanto 47% gostaria de conhecer lados do globo que nenhum dos seus amigos jamais foi. Seja um mochilão em uma vila em uma aldeia de montanha remota ou encontrar uma casa do outro lado, tem sido evidenciado um apetite cada vez mais maior de abraçar ambientes desconhecidos de uma forma autêntica.

Kind Traveler / Shannon Benson

 

4- MENTE, CORPO E ALMA
Em um mundo corrido, as pessoas têm cada vez mais visto as viagens como forma de trazer equilíbrio de volta em suas viagens. Quase metade (48%) acredita que feriado é um momento de refletir e fazer melhores escolhas na vida. Mais turistas devem priorizar viagens mais “saudáveis”, as quais prometem harmonia para a mente, o corpo e a alma, particularmente de quem é da Índia, China e Tailândia. Do total, 44% tem interesse de em viagens de spa e relaxamento e 38% em saúde e bem-estar.

Os dias de férias pagas no fim do ano têm desaparecido até mesmo nas mais exigentes culturas de trabalho, com 51% buscando tirar mais de suas férias no próximo ano do que neste. As acomodações ao redor do mundo têm melhorado suas ofertas para corresponder a essa demanda crescente.

 

5- SEJA VERDE OU FIQUE EM CASA
Viagem sustentável tem um significado enorme para muitas pessoas, portanto não há como negar a tendência. Os viajantes e as acomodações têm se tornado cada vez mais ambiental e sustentavelmente conscientes, bem como responsáveis.

No próximo ano, 36% dos turistas terão como plano escolher opções de destinos mais “ecofriendly” do que neste ano. E dois entre cinco respondentes (39%) têm interesse em uma experiência de viagem mais ecológica. Isso reflete na forma em que o público tem encontrado formas de preencher suas necessidades estéticas enquanto mantem a integração cultural e ambiental ao ter rotas maiores e pitorescas. Com o passar do ano, provavelmente haverá discussões em torno de incentivos econômicos, como incentivos fiscais para viajantes sustentáveis (41% a favor), introdução de um padrão internacional para acomodações sustentáveis (41% pró) e prestadores de transportes que deem mais informações sobre compensação de carbono (26% favorável).

 

6- SIMPLES PRAZERES
Os turistas serão inspirados pelas suas próprias aspirações mais do que qualquer posse material. De fato, 58% planeja priorizar o investimento em experiência nos feriados de 2017. Eles também têm se tornado menos interessados em suvenires e enfeites extravagantes e mais propensos a aproveitarem pequenos momentos e prazeres simples em uma viagem.

Apenas 10% dos viajantes acredita que serviço de mordomo ou concierge é essencial para curtir a experiência de viagem. Artigos de higiene pessoal mais, digamos, chiques também aparentam ser coisa do passado, pois 13% dos entrevistados disseram ser um item essencial em seu deslocamento.

 

7- TOQUE HUMANO
Assim como o “Ying Yang da tecnologia”, interagir com uma ótima equipe e com relacionamentos genuínos em feriados será um importante ponto da indústria de viagens. Quarenta e dois por cento dos viajantes descartariam se hospedar em um local sem funcionários amigáveis e prestativos, enquanto acomodações como B&B (bed and breakfast) e Ryokans (tipicamente japonesas) devem continuar a ser as mais bem avaliadas.

Por outro lado, 40% confirma que não ficaria em um lugar com mais de três críticas negativas. Eles vão começar a entender que o toque humano é insubstituível e deseja essa interação para fazer com que sua viagem de feriado seja memorável.

Como resultado, espera-se que interações humanas significativas venham a ser realidade em viagens nos próximos meses, instigando avanços em tecnologia chatbot para combinar com o calor, a personalidade e a espontaneidade da comunicação e conexão de um ser humano.

 

8- LEVE-ME PARA A LUA
Viajar tem sido um estilo de vida, não mais um luxo relacionado a números crescentes, e não é surpresa que as pessoas desejem explorar além desse mundo. Por isso, 44% dos entrevistados enxergam um futuro no qual estaremos de férias em cantos distantes da galáxia ou profundamente debaixo do oceano, algo que não está tão longo como se pensa.

Trens de alta velocidade estão em avanço e são programados para conectar os viajantes a lugares remotos do noroeste africano. A Nasa tem investido em uma aeronave de passageiros supersônica que permitirá viagens aéreas mais rápidas, seguras, silenciosas e sustentável. Ainda, um veículo sem piloto da Tesla deve “dirigir” de Los Angeles a Nova York no verão estadunidense de 2017.

Com essas novidades, quem sabe quais novas fronteiras adicionais serão abertas à indústria de viagens ao longo do próximo ano.

 

Fonte: http://www.panrotas.com.br/

Deixe seu comentário

Atenção: Os comentários abaixo são de inteira responsabilidade de seus respectivos autores e não representam necessáriamente a opinião da Koch

Comercial

Administrativo