Blog

Home » Florianópolis » SC deve receber 20% mais turistas no verão deste ano, prevê Santur

SC deve receber 20% mais turistas no verão deste ano, prevê Santur

| By

O verão no litoral catarinense promete ser mais cheio que no ano passado. A previsão da Santur é que SC bata novo recorde de turistas e receba 20% visitantes a mais que em 2015. A estimativa, feita com base em dados da movimentação registrada até agora e repassada por empresas aéreas e outras companhias do setor, foi apresentada nesta quarta-feira em uma reunião com representantes de 20 entidades na Secretaria de Estado do Turismo, em Florianópolis.

Até agora, os dados da Infraero confirmam a tendência de uma temporada movimentada. Isso se deve especialmente aos latinos. Foram aprovados pela Infraero 472 voos charter vindos da América Latina, sendo 396 da Argentina, 65 do Chile e 11 do Paraguai. O câmbio favorece o turismo na região, que faz do Brasil um destino barato para os vizinhos.

Se o câmbio continuar favorável, os argentinos devem  ser ainda mais numerosos que no ano passado, quando o Estado bateu recorde ao receber 1,1 milhão de turistas do país vizinho. Para dar conta do movimento maior, a empresa argentina Flecha Bus adquiriu recentemente 80 ônibus para ampliar a oferta do serviço com destino ao litoral catarinense, de acordo com a Secretaria de Estado do Turismo.

Paralelamente, a Santur está em tratativas com as Aerolíneas Argentinas para que a empresa ofereça voos partindo especialmente do Norte e Nordeste argentino com destino ao aeroporto de Navegantes. Contudo, a Agência Nacional da Aviação Civil (Anac) não recebeu ainda nenhuma consulta para o novo trecho.

Mas nem só de latinos vive o verão catarinense. Os visitantes brasileiros também devem vir em maior número nesta temporada. De janeiro a junho de 2016, a CVC, maior operadora do país, embarcou 14% mais turistas para Santa Catarina na comparação com o mesmo período de 2015. A maioria deles saiu de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro e o principal destino foi Balneário Camboriú, seguido por Florianópolis. O aumento deve ser ainda maior no segundo semestre, época mais movimentada entre turistas brasileiros que procuram destinos nacionais.

No caso dos brasileiros, a crise e o dólar alto são os motivadores do entusiasmo com os destinos nacionais, tendência desde o ano passado. Antes, ir para fora não parecia tão caro na comparação com uma viagem ao Nordeste, por exemplo, o que já não ocorre.

 

Fonte: Clicrbs

Foto: Marco Favero / Agencia RBS

Deixe seu comentário

Atenção: Os comentários abaixo são de inteira responsabilidade de seus respectivos autores e não representam necessáriamente a opinião da Koch

Comercial

Administrativo